All for Joomla All for Webmasters
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 290
08 fevereiro

PAREDES Rali de Portugal gerou retorno de mais de um milhão de euros

Escrito por 
O estudo de impacto económico do Vodafone Rali de Portugal 2016 revela que o concelho de Paredes assegurou cerca de 1.165.000 euros de retorno económico direto, fruto da participação na organização e acolhimento da prova. As receitas foram provenientes das despesas das equipas e dos milhares de adeptos, relacionadas com alojamento, alimentação, transportes e animação, entre outras, realizadas no concelho.
O Presidente da Câmara Municipal de Paredes congratulou-se com os resultados agora conhecidos: “Estes números confirmam a excelente aposta da Câmara Municipal de Paredes ao trazer o Rali de Portugal para o concelho, aposta essa que pretendemos reforçar no futuro. Trata-se de mais uma iniciativa da autarquia que traz ao concelho eventos de excelência, que conciliam a componente de espetáculo ao mais alto nível com um forte impacto económico no território”.
 
O estudo revela ainda que, para além do impacto direto, houve retorno económico da prova através dos Media – impacto indireto –, segundo o critério de valor monetário das notícias (AEV) proveniente da exposição nacional e internacional. Os principais mercados internacionais atingidos foram França, Espanha, Polónia, Finlândia e Itália.
 
Se a nível nacional o retorno foi de 129,3 milhões de euros, a nível local, os 13 municípios envolvidos na organização garantiram no conjunto um impacto agregado na ordem dos 49,2 milhões de euros (72,8% do impacto económico direto total), isto é, cada um dos municípios terá assegurado um retorno económico direto que oscila entre os 413 mil e os 10,1 milhões de euros, com a inerente variabilidade pela dimensão relativa de cada município e pelo grau de envolvimento na prova. Os efeitos económicos são também extensíveis aos demais municípios da Região Norte, que garantiram 18,4 milhões de euros de impacto direto (27,2% do total), numa evidente demonstração da importância e dos ganhos proporcionados pelo rali na Região Norte como um todo.
 
O relatório do impacto económico do Vodafone Rali de Portugal 2016 reúne a síntese dos principais resultados do estudo de impacto do evento na economia do turismo e na imagem do destino Norte de Portugal. Tem como base um estudo da responsabilidade do Centro Internacional de Investigação em Território e Turismo da Universidade do Algarve (CIITT-UALG), assim como as estimativas do promotor do evento, a Federação Internacional do Automóvel (FIA) e o media partner, REPUCOM.

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.