All for Joomla All for Webmasters
15 setembro

CASTELO DE PAIVA - FESTA EM HONRA DE SANTA EUFÉMIA

Escrito por 
Começou ontem com música tradicional, e vai terminar no Domingo com um grande festival de concertinas, a grandiosa romaria em Honra da Santa Eufémia, em S. Pedro do Paraíso, no concelho de Castelo de Paiva, festividade emblemática e de grande tradição na zona Norte do país, já referenciada desde meados do Século XVIII.
 
Todos os anos, atrai milhares de romeiros, conservando ainda as características quase genuínas herdadas e transmitidas de há muitas décadas e desde sempre relatadas pelos mais antigos, como uma festividade de referencia em toda esta vasta região duriense, muito conhecida e concorrida pelo elevado numero de comerciantes que ali ocorre, pelo Concurso Nacional de Gado Bovino, pela animação musical, pela doçaria tradicional e pelas famosas barracas de comes e bebes, onde se servem os famosos Bifes à Santa Eufémia, a carne da aba cozida e a típica feijoada, tudo acompanhado dos excelentes vinhos verdes da Sub- Região de Paiva, num grande ambiente festivo, já em véspera de vindimas e com cheiro a vinho novo.
 
Este ano são quatro dias de festa, e já na véspera são muitos os peregrinos que, em ritmo de fé e sob grande esforço físico, sobem as Encostas do Arda e chegam a pé, motivadas pela devoção e promessas, percorrendo várias dezenas de quilómetros, vindos de localidades vizinhas ou de terras bem mais distantes, homenageando a virgem mártir Santa Eufémia, oriunda de um família nobre da Calcedónia e considerada protectora dos males da pele.
 
Como sempre, nesta romaria grandiosa, a maior do território paivense, o programa recreativo deste ano iniciou-se ontem, e mantendo-se atractivo para cativar milhares de romeiros, contemplando na manhã de ontem a realização do habitual e concorrido Concurso Nacional da Gado Bovino ( Raça Arouquesa e Minhota ), este ano com a presença de cerca de 100 exemplares das duas raças, num júri presidido pelo Veterinário Municipal Dr. Antonio Borges, que assume a responsabilidade sanitária do evento e coadjuvado por um júri que integrava Nelson Valente, Paulo Teixeira e Abílio Magina, premiando dezenas de criadores que fizeram questão de comparecer numa das melhores apresentações nacionais, tendo marcado presença, na cerimonia de entrega de prémios, o presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, Gonçalo Rocha, o Vice Presidente, António Rodrigues, o representante da União de Freguesias de Raiva, Pedorido e Paraíso, Pedro Mendes, para além do presidente da ANCRA- Associação Nacional dos Criadores da Raça Arouquesa, Fernando Moreira, assim como responsáveis da Irmandade da Santa Eufémia.
 
O edil paivense evidenciou a importância e a grandeza deste Concurso Nacional, como um forte incentivo e estimulo aos criadores da região, louvando a iniciativa da Irmandade da Santa Eufémia em promover este concurso de âmbito nacional e mostrou-se satisfeito pelos esforços que, no espaço concelhio, estão a ser dados, no sentido de apoiar os criadores, lutar pela promoção e preservação da Raça Arouquesa, realçando depois o excelente trabalho desenvolvido pela ANCRA – Associação Nacional de Criadores da Raça Arouquesa, com sede em Cinfães e delegação em Castelo de Paiva, evidenciando também o grande esforço e o empenhamento feito pelos agricultores e criadores que ainda apostam nesta raça autóctone, cuja carne suculenta tem denominação de origem protegida e está certificada desde 1998. 
 
Sustentado nesse propósito, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva concedeu este ano, incentivos aos criadores paivenses, procurando valorizar e proteger esta raça autóctone muito evidenciada no território da ADRIMAG, disponibilizando apoio financeiro a sete criadores locais, contemplando mais de 60 cabeças de gado, num investimento superior a três mil euros.
 
 Presentes estiveram mais de duas dezenas e meia de criadores de várias zonas de influência da Raça Arouquesa, garantindo a presença de mais de oitenta exemplares desta raça, tendo ao nível dos melhores prémios, merecido repetidas distinções criadores de Arouca, Castro Daire, Cinfães, Resende, S. Pedro do Sul e Vale de Cambra, sendo também distinguidos criadores da raça minhota de Lousada e Paredes, representando um investimento da Irmandade da Santa Eufémia superior a 4 mil euros. 
 
Fernando Moreira, da ANCRA, realçou esta parceria assumida com a Irmandade da Santa Eufémia para a organização do concurso, agradeceu a boa adesão dos criadores, com a presença de exemplares de excelente nível, ao mesmo tempo que se mostrou feliz e entusiasmado por se continuar a apostar na raça e na sua divulgação nacional.
 
Na noite de ontem houve a exibição do grupo de musica tradicional “ Os Raimundos “, enquanto para hoje, dia grande da festa, o destaque vai para os concertos da Banda Musical de Baltar e da Banda Musical de Arrifana, que vão actuar alternadamente até ao final da tarde, sendo que, para logo à noite, está agendado um espectáculo com o Agrupamento Musical “Nova Som Band”.
 
Para amanhã, dia 16 e ultimo dia desta grandiosa romaria, conhecida pela sua famosa e afamada gastronomia, que cativa cada vez mais visitantes, está agendado o tradicional leilão de oferendas ( Galos e Ouro ), seguindo-se durante a tarde um bailarico com os Finfas de Paredela, sendo que a partir das 22 horas realiza-se o grande espectáculo de Zézé Fernandes e a sua Banda, enquanto que, na tarde de Domingo, dia 17, está prevista nesta localidade de S. Pedro do Paraiso, um Festival de Concertinas, com dezenas de participantes.

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.