All for Joomla All for Webmasters
24 fevereiro

PAREDES - Detenções por associação criminosa, fraude fiscal qualificada e fraude na obtenção e desvio de subsídio

Escrito por 
Foram detidos pela Polícia Judiciária dois suspeitos por crimes de associação criminosa, fraude fiscal qualificada, fraude na obtenção e desvio de subsídio.  A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, no âmbito de inquérito titulado pelo Ministério Público - DIAP de Paredes, procedeu hoje à detenção de dois empresários e à realização de buscas domiciliárias e não domiciliárias, nos Concelhos de Valongo e Santo Tirso, pela presumível prática de crimes de associação criminosa, fraude fiscal qualificada, fraude na obtenção de subsídio e desvio de subsídio.
Estas duas detenções ocorreram na sequência de três outras detenções efetuadas em junho de 2018. 
Durante este período de tempo, a Polícia Judiciária efetuou diligências que permitiram recolher elementos que indiciam fortemente que os indivíduos hoje detidos serão os líderes da associação criminosa.
Nesta investigação, desenvolvida pela Polícia Judiciária em articulação com a Direção de Finanças do Porto, foram apurados e consolidados fortes indícios de que os suspeitos, pessoas singulares e coletivas ligadas ao setor da indústria do mobiliário, apresentaram, no âmbito do Programa Compete 2020, projetos de incentivos relacionados com o apoio à internacionalização e à inovação produtiva, com investimentos elegíveis superiores a 27 milhões de euros.
Os detidos, um homem e uma mulher, respetivamente com 47 e 45 anos de idade, vão ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.