26 fevereiro

PENAFIEL - CERIMÓNIAS DO 250º ANIVERSÁRIO DE ELEVAÇÃO DE PENAFIEL A CIDADE Destaque

Escrito por 
Março vai ser vivido de forma especial em Penafiel, pois é o mês em que a Cidade completa 250 anos de história. Em 1770, ao 3º dia de março, a vila de Arrifana de Sousa foi elevada a Cidade de Penafiel pela mão do Rei D. José I, para que aqui se pudesse fixar a sede de um novo bispado que a política pombalina queria destacar do “território da poderosa mitra portuense”. Penafiel é, assim, uma das cidades mais antigas do país.
 
Para celebrar esta data tão importante, o Município tem vindo a promover, ao longo do corrente ano de 2020, um vasto programa com iniciativas para os mais variados gostos e públicos, que promete ser ainda mais intenso no próximo mês, com o ponto alto a 3 de março.
 
Os desportistas vão poder começar o mês da melhor forma. A 1ª edição do Trail “Volta às Origens” vai realizar-se no dia 1, das 8h30 às 13h, em Cabroelo, freguesia da Capela. 
Esta é uma prova organizada pela Associação Desportiva de Cabroelo, com o apoio da Câmara Municipal de Penafiel e da Junta de Freguesia da Capela. Após 3 edições do trail da Serra da Boneca, a Associação Desportiva de Cabroelo decidiu reconfigurar e rejuvenescer o trail, nascendo assim o “Trail Volta às Origens”. 
 
O objetivo, além da vertente do exercício físico, é dar a conhecer as origens da aldeia de Cabroelo e de todas as aldeias envolventes, como a aldeia preservada de Quintandona, S. Julião e o trilho que acompanha o Rio Mau. Para além das paisagens rurais, os atletas vão poder desfrutar de paisagens naturais fabulosas. A arena da prova vai situar-se no campo de futebol da Associação Desportiva de Cabroelo e contará com 3 percursos: o trail longo de 30km, o trail curto de 20km e a caminhada de 10km. Os interessados devem inscrever-se em: https://lap2go.com/pt/event/trail-volta-as-origens-2020.
 
Também no dia 1, o auditório do Museu Municipal de Penafiel vai receber, às 11h, a 2ª edição da sessão de conto “Histórias Mágicas”. Este é um projeto que tem como missão apoiar e promover a narração oral de contos, de forma a contrariar a tendência para sermos, cada vez mais, uma sociedade absorvida e consumida pelas redes sociais, ecrãs e pelo trabalho. 
 
A sessão, direccionada para crianças com mais de 3 anos e para famílias, tem duração prevista de 45 minutos e vai debruçar-se sobre o “O Som do Algodão - Cabaz de histórias do Arco da Velha”, que se traduzem em enredos das criaturas que habitam o imaginário da noite. São, sobretudo, histórias de aventuras maravilhosas para crianças curiosas e destemidas. Para mais informação, consulte o site: https://historiasmagicas.pt/.
Ainda no Museu de Penafiel, mas às 16h00, o Grupo de Teatro de Novelas apresenta “Era uma vez… Penafiel”, recriação da Lenda de Arrifana de Sousa. Uma lenda que mistura a realidade, imaginação, história e fantasia. Relembrar esta lenda é falar sobre a tradição, a cultura e a identidade de um povo, o Povo de Penafiel. O evento decorre no jardim do Museu de Penafiel. 
 
No mesmo dia, às 14h, vai ser inaugurado, na Rua da Vista Alegre, em Rans, o "Espaço Ford" - um local de convívio para todos os entusiastas que admiram a marca. Depois da cedência de espaço por parte da Junta de Freguesia de Rans, com o apoio do Autarquia, Paulo Soares, fundador do Clube Oval Azul, apaixonado pela marca e dinamizador da mesma na região, conseguiu agora reunir as condições necessárias para criar um local totalmente alusivo à Ford e ao seu histórico na competição automóvel.
O evento é aberto a todos os proprietários de clássicos Ford. Para mais informações, contactar 918 860 039.
 
Ainda no dia 1, às 15h, vai decorrer, no Largo Padre Américo, a inauguração da exposição documental “A Cidade de Penafiel: 250 anos de história”. Trata-se de uma exposição documental itinerante que vai percorrer a cidade e os agrupamentos de escolas e ainda algumas freguesias do concelho, composta por quatro temáticas, alusivas à elevação do povoado de Arrifana de Sousa a vila, em 1741, à elevação da vila  de Arrifana a cidade de Penafiel, em 1770, à criação do Bispado de Penafiel e à evolução do território da cidade nos séculos XIX e XX. As peças a expor são compostas por fotografias, gráficos, mapas, plantas, documentos manuscritos e textos.
 
Uma hora depois, o jardim do Museu Municipal vai ser palco da recriação teatral da entrega da Carta régia de D. José I, seguida pela apresentação da obra “Padre Américo Monteiro de Aguiar: Um ‘teólogo da ação’ no Portugal Contemporâneo”, do Dr. Luís Leal (Pe. Américo), às 16h30, na sala dos ofícios do Museu.
 
No dia 2, às 14h, está prevista, no centro da Cidade, a inauguração de Arte Pública pelos Agrupamentos de Escolas do Concelho e, mais tarde, às 14h30, vai ter lugar, no auditório do Museu Municipal, a Conferência “«Penafiel» no século XVIII: de vila a cidade sede do município e da comarca-provedoria”, onde será abordado o percurso do núcleo urbano e o seu papel no quadro regional e nacional pela Professora Teresa Soeiro.
Para o dia do aniversário – 3 de março – o Município preparou um programa cheio, onde toda a comunidade pode participar. Começa, desde logo, com o hastear das bandeiras às 9h30, seguido de missa na Igreja Matriz, às 10h30.
Já a partir das 16h30, vai ter inicio a Sessão Evocativa do 250º Aniversário de Penafiel a Cidade, no Largo da Nª Sra da Ajuda. 
 
Às 18h, a Orquestra do Norte vai presentear todos os presentes com um espetáculo piromusical, na Escadaria do Santuário da Nª Sra da Piedade (Sameiro). Neste concerto, excertos de obras de R. Strauss, G. Bizet, G. Rossini e P. I. Tchaikovsky vão marcar o ritmo de um espectáculo piromusical recheado de cor e som. O 250º Aniversário do Nascimento de L. van Beethoven também é evocado na execução de um dos mais belos concertos para piano “Imperador”, interpretado pelo jovem penafidelense Duarte Soares, vencedor do Prémio ON/ CMP 2019. 
O espetáculo encerrará com a estreia da versão orquestral do Hino da Cidade de Penafiel.
 
No dia 4, o auditório da Biblioteca Municipal de Penafiel vai receber, às 14h30, a apresentação do livro “D. António Ferreira Gomes, Bispo do Porto” de Maria José Ferreira Gomes e Maria Adelaide Galhardo, com ilustração de Francisco Fonseca. No ano em que a Biblioteca Municipal de Penafiel comemora 25 anos de existência, decidiu esta instituição brindar os seus leitores, em especial os mais jovens, com um livro que homenageia um ilustre penafidelense, D. António Ferreira Gomes, o “Bispo do Porto ao serviço da liberdade”.
Já no dia seguinte (5), vai ser possível ficar a conhecer um bocadinho mais sobre a história da criação da “Diocese de Penafiel 1770 – 1778” na conferência com Dr. Coelho Ferreira às 14h30, no auditório do Museu Municipal. 
 
Por sua vez, no dia 6, às 21h, a Biblioteca Municipal vai inaugurar a exposição documental “XXV anos XXV livros”, que consiste na mostra documental de 25 obras do Fundo de Reservados da Biblioteca Municipal de Penafiel, que pela sua raridade, ou, em alguns casos, por curiosidades relativas à edição, autor, ilustrações, entre outras, se achou por bem dar a conhecer ao público em geral. Esta mostra é acompanhada de um catálogo da responsabilidade do Técnico dos Reservados, Filipe Silva.
Já às 21h30, também na Biblioteca Municipal, vai decorrer um colóquio sobre a imprensa local com a presença de Germano Silva, António José Queirós e António Aresta.
O habitual Dia Municipal do Bombeiro, onde são homenageados os soldados da paz das 3 corporações do Concelho de Penafiel, vai acontecer no segundo domingo do mês, dia 8. 
No dia 14, o “7º Passeio Brenha Offroad Team” tem início marcado para as 9h.
 
Para os amantes do cinema, nos dias 15, 16 e 17, o Cinemax em Penafiel vai ter em cartaz, mais uma vez, a Festa do Cinema Italiano com o ciclo de cinema documental “A GRANDE ARTE NO CINEMA”, dedicado à arte mundial e aos seus protagonistas. O “Monet – Magia de luz e água”, documentário que vai ser exibido às 19h30 nos três dias, traduz-se numa excursão através dos museus onde as obras-primas de Monet, génio do Impressionismo, estão expostas.
 
A nível do desporto, realiza-se, no dia 18, às 8h30, o Encontro de Natação do Desporto Escolar (CLDE), nas Piscinas Municipais de Penafiel. Um evento coordenado pelo Desporto Escolar da CLDE Tâmega (CLDE Tâmega), que funciona como prova de apuramento para o Regional de Natação DSRN e que contará com a participação de sensivelmente 300 atletas.
Ainda no desporto, as Piscinas Municipais de Penafiel também vão receber, nos dias 20, 21 e 22, o Torneio Zonal Norte de Infantis de Piscina Curta, promovido pela Associação de Natação do Norte de Portugal (ANNP). Nesta competição vão participar cerca 250 atletas, em representação de 28 clubes. 
Paralelamente, no dia 20, vai ser feita, no auditório Germano Silva da Biblioteca Municipal, a apresentação do livro “Debaixo d’Asa” do Agrupamento de Escolas de Paço de Sousa. A obra, que conta com textos escritos por todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Paço de Sousa, trata de temas ligados à Cidadania – voluntariado, tolerância, afetos e tantos outros. 
 
A partir do mote “Acolher, Sorrir, Apoiar” nasceu este projeto, com o intuito de promover uma consciencialização crítico-social dos nossos alunos para o poder da solidariedade, fraternidade e amizade entre os povos e para a importância do cuidado com o outro, de forma a se construir um mundo mais justo e igual, tornando-os verdadeiros cidadãos. O contributo do "primeiro voo" será para a Associação de Pais e Amigos do Diminuídos Mentais de Penafiel – APADIMP. 
 
Por sua vez, no dia 21, o Museu Municipal vai inaugurar a exposição temporária “Das Artes e Ofícios Tradicionais de Penafiel no Projeto EDP Tradições”, que vai estar patente até dia 27 de setembro. Esta resulta do projecto “Das Artes e Ofícios Tradicionais de Penafiel", coordenado pelo Museu Municipal e apoiado pela EDP Produção no âmbito do Programa Tradições 2018/2020, no qual o Município de Penafiel foi um dos nove selecionados de entre sessenta e sete candidatos. Integrando as atividades previstas na terceira fase de implementação do projeto, esta exposição temporária visa a promoção e a divulgação das artes e ofícios tradicionais, dos artesãos que participaram no mesmo e a mostra dos trabalhos realizados pelos formandos no decurso dos dois workshops realizados em Julho de 2019, bem como os novos produtos concebidos pela designer Gabriela Gomes e executados por artesãos locais.
As últimas iniciativas da programação de março acontecem no último fim-de-semana do mês. 
 
Desta forma, no dia 28, às 17h, vai decorrer, no Museu Municipal, o lançamento do Caderno do Museu n.º 16/17, sob o tema “A indústria do alumínio no concelho de Penafiel”, da autoria de Teresa Soeiro. 
 
A edição resulta da doação do espólio da fábrica de artigos de alumínio Rodrigo Ribeiro de Magalhães, Lda., em Irivo, feita ao Museu Municipal por Firmino Magalhães em 2014 e que resultou na Exposição Temporária "Talheres para Todos", que esteve patente ao público em 2015. Neste número da série "Cadernos do Museu" retrata-se a história da indústria do alumínio em Penafiel, integrando-se ainda o catálogo desta ampla coleção do acervo do Museu Municipal.
 
Também no dia 28, às 19h, centenas de atletas vão correr por um lugar no pódio no XXIII Prémio de Atletismo “Cidade de Penafiel”. Esta é uma competição promovida pela secção de atletismo do Futebol Clube de Penafiel, que conta com o apoio do Município de Penafiel. 
A prova, a realizar no centro urbano, tem carácter competitivo, estando, no entanto, aberta a todos aqueles que queiram participar. Para além da popularizada caminhada o programa contempla um conjunto de provas para diversos escalões, masculinos e femininos, com uma amplitude etária bastante alargada, nomeadamente, para benjamins, infantis, iniciados, juvenis, juniores, seniores e veteranos. Para mais informação ou para efectuar a sua inscrição, contacte através do telefone 252 857 147 ou do correio electrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..
No dia seguinte (29), há, também no Museu Municipal, às 15h, o programa para toda a família “Ao Domingo no Museu”, com uma atividade dedicada aos 250 anos de Penafiel. Simultaneamente, a Igreja da Misericórdia vai receber um concerto da Banda do Exército (Destacamento do Porto em Penafiel). 
 
De relembrar que decorre, até dia 31 de março, a Rota da Lampreia nos restaurantes aderentes, informação que poderá consultar em: https://www.cm-penafiel.pt/rota-da-lampreia-a-moda-de-penafiel-de-20-de-fevereiro-a-31-de-marco/.