11 março

CASTELO DE PAIVA - MEDIDAS PREVENTIVAS COVID-19

Escrito por 
Face às últimas informações relativas ao COVID-19 e após reunião técnica que decorreu durante ontem à tarde na Câmara Municipal de Castelo de Paiva com diversas entidades locais, IPSS´s, Agrupamentos de escolas, GNR, Bombeiros, Diretor Executivo do ACES e da Delegada de Saúde – Vale Sousa Sul, o Município paivense comunica o seguinte:
1- até à data de redacção deste comunicado ainda não existe nenhum caso confirmado de infecção por COVID-19 no concelho;
2 - por precaução foram ainda adoptadas as seguintes medidas:
a) os equipamentos municipais de utilização pública como piscina municipal, pavilhões, biblioteca municipal e edifício do Posto de Turismo estarão encerrados até ao final do mês de Março;
b) a feira quinzenal do próximo dia 21 de Março será cancelada;
c) todos os eventos organizados pelo município agendados para o mês de Março serão adiados.
 
O município informa ainda que os serviços técnicos permanecerão em funcionamento mas deverão ser procurados pelos munícipes apenas para situações urgentes privilegiando-se o contacto via telefone (255 689 500) ou via email (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.).
 
Relativamente às escolas do concelho e tendo em conta que a competência para o seu encerramento é do Ministério da Educação, estamos em contacto com a tutela no sentido de aferir quais as medidas preventivas a adotar por parte destas entidades.
 
Apelamos ainda a todas as Associações Desportivas, Culturais e Recreativas do nosso Concelho, às Instituições Particulares de Solidariedade Social, Paróquias, entre outras, no sentido de adoptarem medidas preventivas decorrentes das orientações da Direcção-Geral da Saúde (DGS), relembrando que a prevenção é o melhor remédio, é fundamental seguir com rigor o cumprimento das medidas recomendadas pela DGS.
 
A autarquia paivense recomenda que, em caso de sintomas de febre, tosse, dor de garganta, dores musculares, dor no peito, dores articulares ou diarreia, deverão, de imediato, contactar a linha SNS 24 - 808 24 24 24 evitando deslocações a serviços de urgência e centros de saúde sem recomendação desta via de contacto, ao mesmo tempo que, aconselha que, todas as pessoas que forem contactadas telefonicamente pela Autoridade de Saúde deverão, de forma responsável e rigorosa, cumprir com todas as orientações que forem emitidas. 
 
Atendendo à situação anormal deste surto apela-se a todos os munícipes que mantenham a serenidade e que privilegiem as fontes de comunicação oficiais para que não se verifiquem falsos alarmismos, sendo que, a qualquer altura e caso se justifique o município fará novas comunicações sobre o assunto, no âmbito do acompanhamento permanente que está a dar à situação junto das autoridades competentes.