07 maio

PENAFIEL - PULSEIRA ELETRÓNICA POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Escrito por 
O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel, ontem, dia 6 de maio, deteve um homem, de 49 anos, por violência doméstica, no concelho de Penafiel. No âmbito de uma investigação relacionada com violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agrediu a vítima, sua esposa, de 42 anos e a filha menor de ambos. 
Além das agressões físicas à sua esposa, ameaçava-a constantemente e humilhava-a psicologicamente. O suspeito é caracterizado como sendo uma pessoa manipuladora, controladora, ciumenta e de comportamentos imprevisíveis e impulsivos. Nos últimos dois meses, a relação entre o casal agravou-se, tornando a convivência familiar insuportável, motivos que levaram à sua detenção.
 
O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, ontem, dia 6 de maio, ao Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência, proibição de contactos por qualquer forma ou meio com as vítimas, controlado por pulseira eletrónica.