23 agosto

PAÇOS DE FERREIRA | CÂMARA FORNECE REFEIÇÕES ESCOLARES GRATUITAS A 7.519 ALUNOS

Escrito por 
O Presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, assinou, ontem, os primeiros quatro de um conjunto de vários protocolos, tendo em vista o fornecimento de refeições escolares gratuitas para o ano letivo 2020/2021, a todos os alunos residentes no concelho de Paços de Ferreira, do pré-escolar ao 12º ano, incluídos na rede das escolas públicas.  Estes primeiros protocolos foram assinados com a Associação Paços 2000, Associação de Pais do Centro Escolar 
de Penamaior, Centro Escolar de Frazão/Arreigada e Centro Social e Paroquial de Ferreira, instituições que fornecem refeições às crianças do pré-escolar e do 1º ciclo de ensino básico. 
 
Seguir-se-á a assinatura de novos protocolos, que vão abranger os alunos do 2º, 3º ciclos e Ensino Secundário, garantindo que todos os alunos da rede de escolas públicas do Concelho tenham acesso a refeições escolares gratuitas.
Esta medida vai beneficiar diretamente 7519 alunos e consequentemente milhares de famílias do concelho.
 
Para Humberto Brito, Presidente da Câmara Municipal, “a Educação é um dos fatores mais decisivos no desenvolvimento humano e merece por parte do Município de Paços de Ferreira uma atenção redobrada, sobretudo nesta fase em que o regresso à escola ocorre perante uma crise sanitária e económica, sem precedentes, no país e também no concelho”.
 
A decisão de proporcionar refeições escolares gratuitas até ao 12º ano,  insere-se no compromisso eleitoral sufragado pela população, compromisso político comprometido com o bem-estar de todos os cidadãos e de todas as famílias do Concelho, num permanente combate à exclusão social, para que não haja uma criança ou um estudante em Paços de Ferreira impedido de frequentar, com sucesso, a escola por dificuldades económicas.
 
Paços de Ferreira é o único concelho do distrito do Porto onde, a partir deste ano letivo, todos os alunos, do pré-escolar ao 12º ano, terão refeições escolares gratuitas, sendo dos primeiros a nível nacional a implementar esta medida.