All for Joomla All for Webmasters
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 290
11 junho

Câmara Municipal de Paredes atribui 57 bolsas de estudo Destaque

Escrito por 

A Câmara Municipal de Paredes entregou, esta quinta-feira, 9 de junho, num Salão Nobre dos Paços do Concelho completamente cheio, as bolsas de estudo anuais a alunos do município. O valor total dos apoios sobe este ano para os 28.500 euros, contra os 25.500 euros do ano passado. Há igualmente mais alunos beneficiários: o número total passa de 51 para 57.

O regulamento prevê a atribuição de 36 bolsas aos alunos dos 10.º, 11.º e 12.º anos (12 por ano), no valor de 125 euros cada. Todavia, este ano, foram apenas entregues bolsas a oito alunos do 12.º ano, pelo que o valor remanescente, 500 euros, foi usado para a atribuição de mais uma bolsa ao ensino superior.

Assim, aos 15 beneficiários regulamentares, apoiados em 1.000 euros cada, soma-se um 16.º, que recebe uma bolsa de 500 euros. E no âmbito da parceria entre o município de Paredes e o Instituto Politécnico do Porto, foram ainda entregues mais nove bolsas, também de 1.000 euros cada, aos alunos que frequentam a licenciatura de Tecnologias da Madeira, por ser um curso criado a pensar na especificidade do concelho, onde o setor da indústria de mobiliário emprega cerca de metade da população.

“Esta plateia está preenchida de excelentes alunos”, congratulou-se o Presidente da Câmara, depois de a vereadora da Educação, Hermínia Moreira, ter dado as boas-vindas aos convidados na cerimónia. “Hoje premiamos o mérito escolar, a excelência. Mas em Paredes ninguém deixa de estudar devido a dificuldades financeiras, porque a autarquia apoia quem necessita: 85% dos nossos alunos recebem pelo menos um apoio social”, prosseguiu.

“Nos meus 11 anos à frente da Câmara Municipal de Paredes, os resultados escolares melhoraram de ano para ano. Éramos o nono pior concelho do país e hoje estamos entre os 30 melhores. E no ano passado, todas as escolas de Paredes ficaram acima da média nacional nos exames. Por isso, a nossa evolução educativa foi reconhecida no Congresso Internacional das Cidades Educativas”, afirmou ainda Celso Ferreira.

A concluir, o Presidente da Câmara Municipal de Paredes fez uma referência particular ao curso de Tecnologias da Madeira: “Saem agora os primeiros licenciados e vão entrar no mercado de trabalho. Esta formação tem emprego garantido. E é um curso com futuro, porque a nossa indústria de mobiliário tem futuro”.

A autarquia de Paredes entregou assim um valor total de 28.500 euros, distribuídos por 57 alunos. O critério para a atribuição das bolsas de estudo é baseado no mérito escolar em conjugação com a realidade socioeconómica dos alunos.