23 novembro

PAREDES - Detido incendiário florestal

Escrito por 
Foi detido pela Polícia Judiciária um homem fortemente indiciado pela prática de 58 incêndios florestais em Paredes.  A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve, fora de flagrante delito, o presumível autor de 58 incêndios florestais ocorridos entre Maio e Outubro, na localidade de Astromil – Paredes.
Os fogos terão sido provocados com recurso a isqueiro, com intencionalidade de provocar incêndio florestal, em locais escondidos, para a propagação se desenvolver insidiosamente. 
 
O alerta à Polícia Judiciária foi dado pelo CDOS do Porto, que referenciou o elevado índice de ignições florestais naquela localidade, que sistematicamente obrigaram ao empenhamento de inúmeros meios humanos e recursos das corporações de Bombeiros.
 
As ignições consumiram uma área total com cerca de 10 hectares, desenvolvendo-se os incêndios, em regra, muito próximo de habitações e só não assumindo outras proporções devida à pronta e eficiente intervenção dos Bombeiros.
 
O arguido encontra-se ainda indiciado em mais 5 investigações pendentes pela prática de crimes de incêndio urbano, em habitações e numa viatura.
 
O detido, de 40 anos de idade, marceneiro, vai ser presente à competente autoridade judiciária, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.