11 dezembro

TÂMEGA E SOUSA: REGIÃO REGRESSOU AO LUXEMBURGO PARA NOVA AÇÃO PROMOCIONAL

Escrito por 
A Residência Oficial de Portugal no Luxemburgo acolheu uma ação de marketing territorial promovida no âmbito do projeto ‘Tâmega e Sousa Internacionaliza’, o qual reúne a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Ader-Sousa, o Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa, a Dolmen e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico do Porto. 
 
As potencialidades do Território: a Indústria de excelência, o Turismo exponencial e o Vinho Verde - deram o mote a uma mostra promocional que reuniu empresários luso-descendentes e luxemburgueses, neste que é “o segundo país mais rico do mundo, per capita”, como recordou o Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito. Nesta ocasião o diplomata salientou que é necessário promover – de modo ativo – Portugal, os seus bens e serviços, junto da comunidade Luxemburguesa graças às oportunidades que o país oferece, confessando ainda que esta iniciativa o fez regressar às origens: “Tudo o que aqui provei existia em minha casa. Tenho oito irmãos e todos estes produtos sempre fizeram parte da minha vida”. 
 
O evento contou também com a presença do Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Luxemburguesa, Francis da Silva, o qual destacou a importância desta ação ser desenvolvida no Luxemburgo: “Esta é uma forma concreta de divulgar o que temos de muito forte na região, nomeadamente ao nível dos vinhos e da gastronomia. É também uma oportunidade de valorizar ainda mais a nossa indústria, uma vez que o Luxemburgo é um país pequeno, mas ao mesmo tempo globalizado e com uma forte economia”. 
 
Fazendo um balanço muito positivo deste evento e relembrando que a missão deste projeto se centra no apoio à internacionalização das empresas da região, o presidente do Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa, Paulo Portela, notou a presença de diversos setores empresariais, os quais “mostraram interesse em visitar o território e conhecer muitas das marcas e produtos expostos, bem como importar a região para o Luxemburgo”. 
 
Por sua vez a Vice-Presidente da Ader-Sousa, Cristina Moreira, ressalvou que os participantes “ficaram apaixonados” – não só pelos produtos, mas também pela forma como foram apresentados. “Esta mostra foi uma forma de chamar a atenção dos luxemburgueses e acho que conseguimos atingir os objetivos. Perceberam que a região está muito bem organizada e que é muito interessante. Conseguimos passar a mensagem que também temos a parte industrial, que também temos negócio e que a nossa região exporta imenso”, concluiu.  
 
Recorde-se que esta é já a terceira vez que a região promove uma ação promocional no Grão-Ducado, uma vez que realizou em 2015 e 2016 a I e II Feira Internacional de Gastronomia e Vinhos. 
 
As iniciativas promovidas ao abrigo do projeto ‘Tâmega e Sousa Internacionaliza’ são cofinanciadas pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.