Noticiário Institucional (733)

A Câmara Municipal de Penafiel, apresentou ontem o seu pacote de apoio às famílias, trabalhadores e empresas penafidelenses.  O Partido Socialista de Penafiel, regista com agrado este primeiro passo da autarquia, naquele que terá de ser, como o desejamos todos, um pontapé de saída para as medidas mais robustas que se seguirão. O Governo aprovou ontem, em Conselho de Ministro, um diploma que permite às autarquias fazer despesas para ajudar a mitigar os impactos do Covid-19 nas vidas dos seus munícipes, 
A região do Tâmega e Sousa, que integra os municípios de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende, e o Município de Paredes querem passar a dispor de centros de rastreio da COVID-19 para testar pessoas com suspeita de infeção e previamente referenciadas pelo Serviço Nacional de Saúde. Pretende-se, assim, aumentar a capacidade de resposta no combate à pandemia e aliviar o afluxo de potenciais suspeitos de infeção aos hospitais.
PLANO DE CONTINGÊNCIA | COVID-19
 
O Presidente da Câmara Municipal, Humberto Brito, coordenou, ontem à tarde, uma reunião, que decorreu no salão nobre dos Paços do Concelho, com o objetivo de se avançar com um plano de apoio aos nossos concidadãos, que venham a ficar em quarentena, retidos em casa, por suspeita, ou portadores, do vírus COVID-19.
 
A partir de agora, a Câmara Municipal vai assegurar apoio domiciliário a todas as pessoas e famílias do nosso Concelho que venham eventualmente a ser identificadas pela Autoridade de Saúde como suspeitas ou infetadas.
 
Esse apoio consistirá na entrega, junto da respetiva residência, de refeições diárias, recolha do lixo potencialmente contaminado, bem como auxílio aos idosos e a pessoas de maior vulnerabilidade.
 
Nesta reunião, participaram o Diretor Executivo do ACES Tâmega III - Vale do Sousa Norte ( ACeS), Delegado de Saúde do Concelho, Comandantes da GNR, Bombeiros Voluntários, Párocos, Presidentes de Junta de Freguesia, Diretores de IPSS e Diretores dos Agrupamentos de Escolas, Escola Secundária de Paços de Ferreira, Escola Profissional Vértice, Colégios Nova Encosta e Marca d´Água.
 
O envolvimento, em rede, de todas as instituições do Concelho permitirá que, durante esta fase de SITUAÇÃO DE ALERTA NACIONAL, sejam reforçadas equipas de apoio domiciliário coordenadas por técnicos do ACeS e da Câmara Municipal.
 
Todas as instituições envolvidas vão sensibilizar os seus colaboradores para o momento de emergência que se vive, pedindo o apoio de todos os funcionários e voluntários para o reforço das equipas técnicas, que vão receber formação para lidar com pessoas que possam ser suspeitas ou portadoras do vírus COVID-19.
 
O cumprimento escrupuloso de todas as medidas de contingência em vigor é absolutamente essencial, sendo que devemos evitar sair de casa, exceto em situações de imperiosa necessidade.
 
Face à situação de Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional da COVID-19, declarada pela Organização Mundial de Saúde a 30 de janeiro de 2020, e de pandemia declarada a 11 de março de 2020, o Ministro da Administração Interna e a Ministra da Saúde assinaram o despacho de Declaração de Situação de Alerta que abrange todo o território nacional, até ao dia 9 de abril de 2020. A Declaração de Situação de Alerta resulta dos seguintes fatores:
Como é do conhecimento público, o Conselho Superior de Saúde Pública esteve reunido, hoje, por largas horas, tendo há momentos, emitido um comunicado sobre as conclusões a que chegou, em face às medidas a adotar, no âmbito do surto epidemiológico COVID-19. 
Do referido comunicado, resulta que compete às Autoridades de Saúde Locais pronunciarem-se, caso a caso, pelo encerramento dos estabelecimentos escolares.