A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) vai dinamizar, durante este mês, uma ação de capacitação sobre critérios ecológicos e sustentáveis nas compras públicas. Dirigida a atuais e potenciais fornecedores de entidades públicas, esta iniciativa, designada de “Critérios de circularidade nas compras públicas”, tem como objetivo envolver e sensibilizar estes agentes para o processo de compras públicas sustentáveis
A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) vai integrar uma rede europeia de prevenção e controlo da vespa velutina. Chama-se Atlantic-Positive – Conservation of Atlantic pollination services and control of the invasive species Vespa velutina [Preservação de serviços de polinização atlânticos e controlo de espécie invasora vespa velutina] e é constituída por cerca de 30 entidades de Portugal, Espanha, França, Reino Unido e Irlanda, países mais ameaçados por esta espécie.
Depois do sucesso da primeira edição, realizada no ano passado, e aproveitando o início da época de veraneio, a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) retoma esta sexta-feira, dia 12, o seu ciclo de encontros informais de empresários e empreendedores: o “TâmegaSousa Business Sunset”. 
A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN) e a Estrutura de Missão do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar (EM-PNPSE), organiza, no próximo dia 10, o Encontro Intermunicipal do Tâmega e Sousa. 
Os concelhos de Felgueiras, Celorico de Basto e Lousada são os anfitriões da edição deste ano das Olimpíadas do Desporto do Tâmega e Sousa, uma iniciativa promovida pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, em articulação com aqueles municípios.
A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) participou, na passada semana, numa visita de benchmarking à região de Hajdú-Bihar, na Hungria, onde se situa um dos mais maiores complexos termais da Europa – o Hajdúszoboszló –, constituído por 13 piscinas exteriores. A visita, organizada pela Universidade de Debrecen, foi promovida no âmbito do projeto europeu Innova SPA – Innovative health solutions for thermal spa regions, do programa de cooperação transnacional Interreg Europe da União Europeia, qual a CIM do Tâmega e Sousa faz parte enquanto stakeholder da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), um dos oito parceiros deste projeto.
 Sob o mote ‘Le Portugal s’invite à Paris’, a Região do Tâmega e Sousa irá marcar presença na 8ª Edição do ‘Salon de l’Immobilier et du Tourisme Portugais’, que se realiza na Paris Parc Expo – Porte de Versailles de 17 a 19 de maio. Durante três dias, mais de 17.000 visitantes procuram identificar oportunidades e concretizar projetos em Portugal. Uma mostra que convida o público francês a Investir, Residir, Estudar e/ou Visitar o País.   
A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) acolhe, no próximo dia 14, o seminário de disseminação de resultados do projeto N-INVEST – Oferta Qualificada, Diferenciadora e Facilitadora na Captação de Novos Investimentos, promovido pela AEP – Associação Empresarial de Portugal.
A partir de 1 de maio entra em funcionamento o “Passe CIM Tâmega e Sousa”. Trata-se de um sistema tarifário simplificado que se traduz numa redução do custo do passe para os utentes dos transportes públicos rodoviários de passageiros na Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa). Deste modo, os residentes no Tâmega e Sousa e aqueles que, embora não residam, trabalham na região vão pagar menos pelo respetivo passe.
A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) participou ontem, dia 23, na audição pública sobre o Programa Nacional de Investimentos 2030 (PNI 2030), que decorreu na Assembleia da República e que contou com a presença do Ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, do Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, do Vice-Presidente da Assembleia da República, Jorge Lacão, do Diretor-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Gonçalo de Freitas Leal, e do Presidente da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, Hélder Amaral.
Pág. 1 de 5